Diretor do Colégio Pedro II da unidade São Cristóvão é preso

0

O diretor da unidade de São Cristóvão do Colégio Pedro II, Bernardino Matos, foi preso, na tarde desta terça-feira, por falso testemunho. A medida foi determinada pela juíza da Infância e da Juventude, Vanessa Cavalieri. A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), que informou que o caso corre em segredo de justiça. O DIA revelou o caso, com exclusividade, em 2015.

Em depoimento, o diretor teria afirmado não saber que uma jovem de 12 anos sofreu por três vezes violência sexual e discriminação por parte de alunos, com idade entre 15 e 17 anos. A fala contraria a versão de diversas testemunhas do processo, o que fez a juíza interpretar como falso testemunho a fala do diretor.

Bernadido foi encaminhado para a 5ª DP (Mem de Sá) para prestar um novo depoimento. Procurado pelo DIA, o colégio Pedro II ainda não se pronunciou sobre o caso.

Deixe sua Resposta!

(Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do comentário).