Policial Militar mata flanelinha que jogou água no para-brisa de carro

0

Um policial militar da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) de Manguinhos matou a tiro um flanelinha após uma discussão ocorrida em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. O crime ocorreu no fim da tarde desta quinta-feira. O cabo Leandro Augusto José Graciano apresentou-se espontâneamente à Delegacia de Homicídos (DH) da Capital, foi autuado e responderá ao crime em liberdade. Na briga, duas mulheres foram atingidas por estilhaços de bala.

A confusão foi pouco antes das 18h. De acordo com informações de policiais militares do 40º BPM (Campo Grande), Romário de Oliveira Rezende, de 27 anos, havia jogado água no para-brisa do carro onde estavam o PM e sua mulher — o veículo estava parado no Viaduto Prefeito Alim Pedro. O flanelinha teria pedido dinheiro e o agente teria se recusado a dar.

Romário, então, ainda de acordo com o 40º BPM, teria tentado agredir a esposa de Leandro Augusto. O PM reagiu e, após bate-boca, iniciou uma briga com o flanelinha. Durante a luta corporal, o cabo atirou, atingindo Romário. O flanelinha morreu no local. Uma perícia foi realizada no local.

Duas mulheres que estavam perto do local da briga foram atingidas por estilhaços de bala. As duas foram socorridas no Hospital municipal Rocha Faria, também em Campo Grande. Após medicadas, elas foram liberadas e encaminhadas para prestar depoimento.

O Extra

Deixe sua Resposta!

(Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do comentário).

error: Conteúdo protegido e rastreado!