Após denúncia, força-tarefa resgata cães abandonados na Zona Oeste do Rio

0

Uma força-tarefa resgatou nesta terça-feira (9) cinco cães abandonados de um imóvel de Vargem Pequena, Zona Oeste do Rio. É o segundo salvamento em menos de um mês.

Um casal e três filhotes da raça american bully estavam desnutridos e com feridas pelo corpo.

“Recebi a denúncia de vizinhos. Os animais não se alimentavam há vários dias”, afirmou o vereador Luiz Carlos Ramos Filho, presidente da Comissão de Defesa dos Animais da Câmara Municipal do Rio.

Cão com ferimentos no olho é resgatado — Foto: Reprodução/Gabinete do vereador Luiz Carlos Ramos Filho

Cão com ferimentos no olho é resgatado — Foto: Reprodução/Gabinete do vereador Luiz Carlos Ramos Filho

Ramos Filho acionou a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e Subsecretaria de Bem-estar Animal do Município.

“O imóvel era alugado, e o locatário está desaparecido. A polícia vai investigar. Maus-tratos a animais é crime”, acrescentou Ramos Filho.

O vereador levou os animais a uma clínica veterinária particular, onde receberão os primeiros tratamentos. “Depois serão encaminhados a um abrigo, castrados e colocados para adoção”, emendou.

No dia 12 de junho, a Subsecretaria de Bem-estar Animal encontrou 12 cachorros desnutridos em uma casa no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio. Outros cinco já estavam mortos.

Denuncie

Só nos três primeiros meses desse ano, o programa Linha Verde, do Disque Denúncia, registrou 854 denúncias de maus-tratos a animais. Dessas denúncias, 125 citavam que os animais estavam em situação de abandono.

Segundo o programa Linha Verde, cães, gatos e cavalos são os animais mais vitimados. Entre os relatos estão falta de alimentação, abandono, espancamento, animais presos e acorrentados e outras crueldades.

As solicitações de resgate ou denúncias podem ser feitas pelo telefone 1746, ou pelo site, em qualquer dia da semana, inclusive domingos e feriados.

G1

Deixe sua Resposta!

(Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do comentário).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido e rastreado!